20 de mar de 2011

MENOPAUSA E DOENÇAS CARVIOVASCULARES

Doenças cardiovasculares são maior inimigo das mulheres, dizem médicos
De cada dez, seis morrem de infarto, principalmente depois da menopausa. Cardiologistas Roberto Kalil e Otávio Gebara estiveram no Bem Estar desta 3ª.

As doenças cardiovasculares são o inimigo número um das mulheres. De cada dez, seis morrem de infarto, principalmente após a menopausa. E a maioria não tem consciência disso, pois concentra toda a preocupação em exames ginecológicos, como os de mama e do colo do útero.

Para alertar o sexo feminino sobre os riscos do coração, o Bem Estar desta terça-feira (15) convidou os cardiologistas Roberto Kalil, que também é consultor do programa, e Otávio Gebara, professor livre-docente da Faculdade de Medicina da USP.
Segundo Gebara, as doenças cardiovasculares matam seis vezes mais que o câncer de mama, por exemplo. E as brasileiras são líderes das Américas em acidente vascular cerebral (AVC): têm três vezes mais o problema que as americanas e canadenses.




Entre os principais fatores de risco das mulheres estão: hipertensão, colesterol, diabetes, obesidade abdominal, sedentarismo, cigarro e interação entre fumo e anticoncepcional (que a partir dos 30 anos pode causar trombose venosa e uma consequente embolia pulmonar). De acordo com o especialista, 90% dos riscos são determinados por esses fatores e pelo estilo de vida, contra 10% da carga genética. Ou seja, é possível mudar esse quadro.

Após a menopausa, o risco aumenta ainda mais: a mulher deixa de ter o corpo em formato de pera e passa a ser “maçã” (veja arte acima). Isso significa que o depósito de gordura abandona as coxas e o bumbum para se concentrar ao redor do abdômen e na parte superior do corpo. Cinturas acima de 80 cm para o sexo feminino e de 94 cm para o masculino já devem acionar o sinal de alerta, de acordo com a Federação Internacional de Diabetes.
Ao lado do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) - divisão do peso pela altura ao quadrado -, a circunferência da cintura é usada para medir o risco cardiovascular de uma pessoa, pois é simples e de fácil acesso: basta uma fita métrica.

Coração a mil
Como prometido pelo Bem Estar na semana passada, o resultado do teste cardíaco de duas presidentes de escolas de samba de São Paulo foi divulgado. Antes da apuração das notas do carnaval, Angelina Basílio, da Rosas de Ouro, e Solange Bichada, da Mocidade Alegre, mostravam batimentos comportados: 86 e 76, respectivamente.

Nenhuma das escolas chegou à reta final como favorita, mas a expectativa provocou fortes emoções. “Não tem jeito, sou uma pessoa extremamente ansiosa, é da minha natureza”, disse Solange. Já Angelina recordou a festa de cinco anos atrás, quando perdeu no último quesito: bateria. “Comecei a sentir um calor infernal. Passei por um cardiologista, que constatou que eu não era hipertensa. Foi extremamente emocional”, lembrou.
Às 18 horas da última terça-feira (8), o resultado: Mocidade em sétimo e Rosas em oitavo. Como ficaram o coração das presidentes? Bateram forte, mas sem perder o ritmo. A frequência cardíaca de Solange chegou a 118 e a de Angelina, a 116 – valor considerado normal se levado em conta o momento de estresse e ansiedade pelo qual as duas passaram.

LINK: http://glo.bo/hk8nd7

OBESIDADE E GENETICA

16/03/2011 15h38 - Atualizado em 18/03/2011 15h20
Comer demais pode ter relação com genética ou doenças endócrinas
Consultor Alfredo Halpern respondeu a perguntas da internet após Bem Estar. Segundo ele, bebês que nascem com mais de 4 kg têm chance de obesidade.


Após o Bem Estar desta quarta-feira (16), o endocrinologista e consultor Alfredo Halpern respondeu a algumas perguntas da internet sobre obesidade e redução de estômago. Segundo o médico, às vezes não é possível saber se o excesso de peso é genético, hormonal ou causado por excesso de alimentos.

O problema genético geralmente está associado a outras doenças e há mais de um caso na família. Já o hormonal precisa ser investigado por um especialista. Muitas vezes, associa-se o hipotireoidismo à obesidade, mas essa não é a principal manifestação da doença, afirmou Halpern.
A disfunção na tireoide provoca menos queima calórica, o que pode desencadear aumento de peso, mas não necessariamente obesidade.

O fato de comer muito, por sua vez, também pode pertencer à genética e às doenças endócrinas, disse Halpern. Ele enfatizou que, muitas vezes, as pessoas consideram o obeso como alguém que come demais, é sedentário e sem-vergonha. Mas o excesso de peso é um conjunto de fatores que pode incluir, por exemplo, uma maior capacidade de estocar gordura, sem necessariamente haver ingestão excessiva de alimentos.

O consultor do Bem Estar também explicou que, em geral, crianças que nascem muito pesadas podem ser filhos de diabéticas ou de mulheres que engordaram muito na gravidez. De acordo com o médico, bebês que vêm ao mundo com mais de 4 quilos têm uma grande chance de se tornar adultos obesos. O papel da mãe, então, deve ser diminuir a oferta de comidas muito calóricas e incentivar a prática de atividades físicas.

Na opinião do endocrinologista, ao fazer um controle alimentar, é possível emagrecer mesmo sem exercícios, mas o indivíduo deve comer menos ainda do que no caso de complementar o processo com a prática esportiva.

Por fim, Halpern respondeu que, regulamentarmente, um obeso pode fazer cirurgia bariátrica após os 18 anos, o que não significa que não haja casos de adolescentes que deveriam ser submetidos à operação, pois o problema prejudica a saúde, a qualidade de vida e o diagnóstico do paciente.
LINK: http://glo.bo/hM8eDZ

BANHO DE SOL E A VITAMINA D

16/03/2011 10h32 - Atualizado em 17/03/2011 17h18


Tomar sol é fundamental para o corpo obter vitamina D, explica especialista

Reumatologista Cristiano Zerbini falou do tema no Bem Estar desta 4ª (16). Médico disse que o sol melhora a absorção do cálcio, fortalecendo os ossos.

Do G1, em São Paulo

O vaivém de pessoas no metrô, em shoppings e empresas é constante, principalmente nas grandes cidades. Mas será que, em algum momento, elas veem a luz do dia?

Ao contrário do que muitos pensam, com medo do câncer de pele, o sol é fundamental para a saúde e o funcionamento do corpo. Por meio dos raios do tipo ultravioleta B, nosso organismo obtém a vitamina D e, com ela, melhora a absorção do cálcio, fortalecendo os ossos.

Quem esteve no Bem Estar desta quarta-feira (16) para aprofundar o assunto foi o reumatologista Cristiano Zerbini, do Hospital Sírio-Libanês e do Hospital Heliópolis, em São Paulo. O médico explicou que o sol é responsável por cerca de 90% da aquisição de vitamina D pelo homem, e os alimentos (como leite, gema de ovo, manteiga, peixes de água fria, shitake seco e óleo de fígado de bacalhau) respondem pelos outros 10%. Idosos e pessoas que não podem tomar sol com frequência são indicados a usar suplementos de vitamina D.



Zerbini recomendou pegar sol no mínimo três vezes por semana, em média durante 15 a 20 minutos, sempre antes das 10 horas da manhã. O ideal, segundo ele, é usar camiseta e bermuda e expor braços, pernas, pescoço e rosto sem filtro solar nesse curto período, pois fatores de proteção acima de 8 já impedem a produção do nutriente pela pele. Indivíduos muitos brancos devem tomar sol mais cedo e por cerca de 5 minutos, e os de pele escura podem ficar ao sol por um tempo pouco maior.

Em nota, a Sociedade Brasileira de Dermatologia defendeu que pessoas com pele muito clara, que têm maior risco de câncer de pele, sempre usem protetor solar e, apenas três vezes por semana, tomem sol - só nos braços. Segundo a entidade, essa exposição já é suficiente para um aporte adequado de vitamina D.

No estúdio, o especialista também falou sobre como o sol entra pela pele e segue até os rins e o fígado, onde ocorre a transformação da vitamina D. Zerbini demonstrou, ainda, como é um osso sadio e outro tomado por osteoporose – doença que enfraquece os ossos por formação inadequada ou desgaste, e pode causar fraturas principalmente na coluna, bacia, nos punhos e nas costelas.

Além de fixar o cálcio nos ossos e, com isso, evitar a osteoporose, a vitamina D mantém o equilíbrio, evita quedas e dá mais vigor aos músculos. A falta dessa substância no organismo, esclareceu o reumatologista, pode ser identificada em testes laboratoriais, pela análise do cálcio na urina (se houver pouco, é um sinal de alerta) ou por exames de sangue. Não costumam se manifestar sintomas em adultos, exceto por uma eventual dor, cansaço ou falta de equilíbrio. Já as crianças com deficiência de vitamina D podem desenvolver raquitismo, doença que inclui fraqueza e perda óssea.

O consultor Alfredo Halpern também citou que estudos apontam que a vitamina D pode ajudar no tratamento de doenças reumáticas, autoimunes, diabetes e alguns tipos de câncer.

Para a boa saúde dos ossos, apontou Zerbini, é preciso sol, cálcio e também exercícios físicos. Nas ruas, a repórter Marina Araújo perguntou a várias pessoas se elas tomam sol e se sabem se têm ou não deficit de vitamina D. De acordo com a nefrologista Rosa Maria Moysés, que liderou uma pesquisa com 600 moradores de São Paulo durante o inverno, 75% dos paulistanos apresentaram níveis do nutriente abaixo do normal. No verão, a porcentagem cai para 45%, o que ainda é muito elevado para um país tropical onde esse índice deveria ficar em torno de 5%.

Cálculo de proteção solar

Para calcular qual deve ser o cuidado para cada tipo de pele, a indústria leva em conta o tempo que uma pessoa branca demora a ficar vermelha. Por exemplo, se alguém exposto ao sol começar a se queimar em 3 minutos, deve-se multiplicar esse tempo por 15, e o resultado é o período em que a pele estará protegida, ou seja, 45 minutos. Depois disso, o indivíduo deve reaplicar o protetor.

Link; http://glo.bo/dGMS0h

ALIMENTOS QUE AJUDAM O INTESTINO

17/03/2011 10h57 - Atualizado em 18/03/2011 15h11


Alimentos ajudam a melhorar o intestino preso, diz especialista

Gastroenterologista Luciana Lobato esteve presente no Bem Estar desta 5ª. Problema costuma prejudicar humor e causar irritabilidade, inchaço e estresse.

Do G1, em São Paulo

Você sabia que a palavra “enfezado” vem de “fezes”? É que, quando alguém está com o intestino preso, costuma apresentar também mau humor.

Cerca de 20% da população brasileira tem esse problema, que atinge mais as mulheres. Por que algumas pessoas vão poucas vezes ao banheiro, o que isso acarreta e quais alimentos podem ajudá-las foram tema do Bem Estar desta quinta-feira (17), no qual esteve presente a gastroenterologista Luciana Lobato.

No estúdio, Luciana explicou como são o intestino delgado e o grosso, quais as funções deles e o caminho percorrido pelos alimentos. O primeiro tem cerca de 7 metros e absorve tudo o que se come. O que não é aproveitado cai no intestino grosso, que tem 1,5 metro de comprimento e absorve o restante da água. É nesse lugar que se formam as fezes, que levam de 48h a 72h para serem eliminadas após a ingestão. Por isso, o ideal é fazer cocô diariamente ou dia sim, dia não.

Nesses períodos de intestino preguiçoso, além de afetar o ânimo, há uma sensação de irritabilidade, inchaço e estresse, que pode ser acompanhada de dor e desconforto. A tensão só diminui quando a situação se normaliza. Para isso, a especialista deu uma dica: alimentação saudável. Segundo ela, esse é o segredo para o organismo funcionar bem.

Muitas pessoas apelam para uma dieta intensiva de frutas, verduras e fibras, na tentativa de regular esse “reloginho”. Outras apostam na linhaça, ameixa, aveia, em sucos, chás e, em último caso, remédios.

Segundo a médica Luciana, os alimentos que podem ajudar um intestino preso são:

- Frutas como mamão papaia, laranja, ameixa preta seca e abacaxi seco;
- Legumes e verduras como alface, couve, couve-flor, repolho verde, tomate, cenoura, mandioquinha, ervilha, milho, grão-de-bico e feijão preto;
- Alimentos integrais, como pão francês, arroz e biscoito;
- Fibras como barra de cereal, cereal matinal e farelo de trigo;
- Amendoim;
- Iogurte regulador da flora;
- Água;
- Azeite de oliva
Já os itens que podem dificultar são:
- Fast-food;
- Salgados, como coxinha, empadinha, esfiha e batata frita;
- Doces como chocolate, brigadeiro, quindim, pão doce, sorvete e sonho;
- Açúcar;
- Pão francês;
- Refrigerante;
- Suco de caixinha

A gastroenterologista disse que é fundamental ter um horário fixo para ir ao banheiro. De acordo com ela, reguladores de intestino, que são uma fonte de fibras sintéticas, só devem ser tomados após fazer todas as tentativas com alimentos. É que tanto esses produtos como os laxantes prejudicam o corpo a longo prazo, pois o tornam dependente, demandam cada vez mais doses e, por fim, não fazem mais efeito.

Além disso, Luciana mostrou os tipos de cocô e o que indica cada um. Ela destacou que não se deve segurar a vontade. Assim que ela aparecer, deve ser obedecida

LINK. http://glo.bo/hFYz8z

OBESIDADE E REDUÇÃO DE ESTOMAGO

16/03/2011 10h41 - Atualizado em 16/03/2011 12h30


Bem Estar inicia série sobre obesidade e redução de estômago

Endocrinologista Alfredo Halpern falou sobre o assunto nesta 4ª (16).

Foi apresentada a história de Alexandre, que luta para emagrecer há 20 anos.

Do G1, em São Paulo

O Bem Estar desta quarta-feira (16) iniciou uma série sobre obesidade e cirurgia de redução de estômago. O que é essa doença, o que ela provoca e quais as alternativas para as pessoas com o problema serão alguns dos temas abordados no programa daqui para frente. Quem esteve no estúdio para falar sobre o assunto foi o endocrinologista e consultor Alfredo Halpern.

O médico disse que a operação bariátrica é recomendada apenas para obesos graves, ou seja, pessoas que tentaram de tudo (dietas, remédios e exercícios) para perder peso e não conseguiram. Segundo Halpern, esses indivíduos são doentes e alguns têm até uma necessidade física do organismo, que pede muita comida.

Na edição desta quarta, foi apresentada a história de Alexandre Berthe, um advogado de 35 anos que luta para emagrecer há mais de 20. Quando bebê, era gordinho; na adolescência ficou magro e, então, voltou a engordar – e não parou mais.

Alexandre tentou perder peso de todas as formas, por meio de dietas e remédios, até que chegou ao limite: do peso (124 quilos) e da falta de qualidade de vida. Depois de atingir uma circunferência de cintura de 122 cm – quando o máximo deveria ser 94 cm – e um Índice de Massa Corporal (IMC) 39 – uma pessoa já é obesa a partir de 34, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) –, o advogado decidiu passar por uma cirurgia de redução de estômago. Antes da operação, porém, ele vai enfrentar uma preparação física e mental rigorosa.

O principal problema de Alexandre é que ele não consegue mudar os hábitos que contribuem para a obesidade. Pela manhã, antes de trabalhar, bebe apenas um copo de água. Já no escritório, consome um pacote de bolacha e toma refrigerante. Sua primeira refeição de verdade ocorre somente depois do meio-dia.

Se forem somadas as horas de sono do advogado, ele passa mais de 10 horas sem comer. E um estômago vazio causa redução do metabolismo, pois o corpo se acostuma a gastar menos energia. Por isso, quando ele consome biscoitos e refrigerante, o organismo segura as calorias porque acha que vai ficar sem receber comida por mais um longo período. É aí que a gordura se acumula.

Para completar, Alexandre não pratica nenhum exercício físico. Sua única atividade do dia é caminhar até o restaurante onde almoça. Quando chega em casa, antes do jantar e depois dos lanchinhos da tarde, ataca vários pães com manteiga e frios. Depois da janta, mais visitas à geladeira.

Mas essa rotina está com os dias contados. No próximo capítulo, Alexandre vai saber se tem autorização para fazer a cirurgia bariátrica e qual seria a dieta depois da operação.

No Brasil, 52% dos homens estão com IMC (calcule o seu) acima da média. Só no ano passado, o país realizou 60 mil cirurgias de redução de estômago, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). Esse número representa uma alta de 275% em relação a 2003, ano em que foram coletados os primeiros registros.

Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo com filas de espera de até oito anos - no Hospital das Clínicas, há atualmente mil pessoas na fila -, o número de cirurgias cresceu 23,7% entre 2007 e 2009, chegando a 3.681. Os números fazem do Brasil o segundo no ranking desse tipo de cirurgias, atrás apenas dos Estados Unidos, com 200 mil procedimentos em 2010.

tópicos:

• Alfredo Halpern

o Site: http://glo.bo/eWOyU0

13 de mar de 2011

CLIASB-CLÍNICA DE ATENDIMENTO À SAÚDE BIOPSICOSSOCIAL

A CLIASB PRESTA OS SEGUINTES SERVIÇOS:

  AVALIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA E PSICOMOTORA
TRATAMENTO DAS DIFICULDADES APRENDIZAGEM,
HABILIDADES PSICOMOTORAS E COMPORTAMENTAIS.
PSICOTERAPIA INDIVIDUAL, DE GRUPO E DE CASAL
ATENDIMENTO A GRUPOS ESPECÍFICOS: PROFESSOR, FAMILIA E CUIDADOR

PROFISSIONAIS:

CÉLIA CARDOSO O. VILELA- PSICÓLOGA, PSICOTERAPEUTA, ORIENTADORA EDUCACIONAL.
ROSANA MACHADO MENDONÇA, PSICOPEDAGOGA, PSICOMOTRICISTA, NEUROPSICÓLOGA DA APRENDIZAGEM, PSICANALISTA.

TELEFONE: 3451-1170

12 de mar de 2011

VOCE ESTÁ PROCURANDO EMPREGO?

     VOCE ESTÁ PROCURANDO EMPREGO? ENTÃO EVIE O SEU CURRICULO PARA ...
                               
            SITES DE EMPREGOS

LOJAS INSINUANTES: www.insinuante.com.br /clicar no link “trabalhe conosco”.

BRASKEM: Braskem@braskem.com.br

FORD: www.ford.com.br / clicar no link “trabalhe conosco”.

ATENTO: www.atento.com.br

WALMART: www.vagas.com.br/walmart

VERACEL: www.veracel.com.br /clicar no link “trabalhe

GDK: enviar currículo pelo Correio

Endereço: Rua: da Grécia, Nº 8, 6º andar. Edf.Serra da Raiz- comércio CEP:40010-010-salvador-Bahia.

COCA-COLA/NORSA: E-mail : scurriculo@norsa.com.br

LEBISCUIT: E-mail: currículo@lebiscuit.com.br

CONCESS.BAHIA NORTE: E-mail: rh@cbnorte.com.br

SUPERMERCADO EXTRA:

Endereços: Nas Lojas Vasco da Gama, Paralela e Rótula do Abacaxi / site: www.grupopaodeacucar.com.br

VULCABRAS/AZALEIA: E-mail currículos@azaleia.com.br

ÓTCAS CAROL: Endereço : Nas lojas / www.oticascarol.com.br

ODEBRECHT: www.odebrecht.com.br /clicar no link “trabalhe conosco”.

SALVADOR SHOPPING: www.salvadorshopping.com.br / “ Fale conosco “ para a área administrativa e para os lojistas.

AMBEV: www.ambev.com.br

CYRELA: Setor de construção civil. Local Brisas Residencial ( Paralela)

E-mail: rh@cyrelaandrademendonca.com.br.

IMOBILIÁRIA LOPES: www.lopes.com.br / Na sede das lojas

MCDONALD’S : www.mcdonalds.com.br / Na sede das lojas

PETRAM: www.petram.com.br

MONSANTO: www.monsanto.com.br / Selecionar o menu “Pessoas” e Clicar em Currículos e Programas de Estágio.

O BOTICÁRIO: www.oboticario.com.br /Clicar na seção “Institucional Trabalhe conosco.”

LEADER: recrutamento@leader.com.br /Entregar nas lojas.

QUEIROZ GALVÃO: www.queirozgalvao.net

A FÓRMULA: E-mail: rh@aformula.com.br

Endereço: Av.tancredo Neves, Nº1.632, Salvador Trade Center.

9 de mar de 2011

Programa Bem Estar. Vale apena conferir!

O Programa  Bem Estar fala de qualidade de vida.


Atração vai ao ar de segunda a sexta às 10h.


Mariana Ferrão e Fernando Rocha no estúdio do

Bem Estar (Foto: Divulgação/TV Globo)A TV Globo estreia nesta segunda-feira (21) o programa Bem Estar, no ar de segunda a sexta, ao vivo, a partir das 10h. A nova atração abordará temas relacionados a saúde, equilíbrio, bons hábitos e qualidade de vida.


A apresentação fica por conta de Mariana Ferrão e Fernando Rocha, que vão receber médicos e consultores no estúdio para esclarecer os assuntos e tirar dúvidas dos telespectadores.

O programa possui uma página no G1 e o espectador pode participar ao vivo, enviando perguntas pelo site.


O Bem Estar também tem suporte semanal de cinco especialistas, entre eles o cardiologista Roberto Kalilx, do Hospital Sírio-Libanês.

Também estarão presentes no programa o clínico geral e infectologista Caio Rosenthalx, do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo e do Hospital Emílio Ribas; a pediatra Ana Escobarx, do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas; o endocrinologista e especialista em nutrição e dietas Alfredo Halpernx, também do Hospital das Clínicas; e o preparador físico José Rubens D'Eliax, que já preparou atletas em cinco Olimpíadas e é responsável pelos velejadores medalhistas Robert Scheidt e Lars Grael.

 LINK:http://glo.bo/ew2x3H

tópicos:

Alfredo Halpern, Ana Escobar, Caio Rosenthal, José Rubens D'Elia, Roberto Kalil

Preparador físico dá dicas de exercícios simples para fazer sentado

23/02/2011 10h45 - Atualizado em 23/02/2011 12h35


Preparador físico dá dicas de exercícios simples para fazer sentado

José Rubens D’Elia é parte do time de consultores do programa.

Segundo ele, poucos minutos de atividade já fazem diferença.

Do G1, em São Paulo

O preparador físico José Rubens D’Elia ensinou a fazer exercícios simples e rápidos em casa e no escritório para quem fica muito tempo sentado. Segundo o consultor do Bem Estar, mesmo poucos minutos de atividade física regular já ajudam a ter uma vida mais saudável e sem dores.

D’Elia é preparador físico dos velejadores Robert Scheidt e Lars Grael e já treinou pilotos de Fórmula 1, como Bruno Senna, Christian Fittipaldi e Rubens Barrichello, entre outros atletas.

O preparador explicou que, ao longo do dia, é muito importante fazer pausas - mesmo pequenas - para se levantar e andar. D'Elia disse que é fundamental dar “bom dia para a coluna” – ou seja, alongá-la por inteiro. E esse é um exercício que pode ser feito mesmo sentado.

A origem da palavra sedentário é “sedia”, que significa cadeira. Sedentário, portanto, é quem fica muito tempo sentado. O taxista João do Vale, de 62 anos, e a secretária executiva Célia Merlin, de 56, estiveram presentes no estúdio para contar um pouco da rotina e da saúde deles.

Antes de dirigir pelas ruas de São Paulo, João trabalhava em um escritório e, há 20 anos, teve um infarto. Seis anos depois, passou por uma cirurgia do coração. Hoje, o taxista passa muito tempo sentado e não faz nenhum exercício. Quando chega em casa, reclama de dor nas costas e nas pernas.

Célia já ficou 9 horas sentada direto no trabalho sem perceber. Atualmente, programa o computador para emitir um alerta, que a avisa sobre a hora de caminhar um pouco. A secretária também sobe escadas sempre que pode, uma dica dada pelo médico Drauzio Varella no Bem Estar da última segunda-feira. Para trabalhar a postura, os músculos e se alongar, Célia ainda faz aulas de pilates.

LINK :glo.bo/hrl0FYhttp://glo.bo/gYfKnm

Praticar esportes na areia alivia o estresse e ameniza impacto do corpo

04/03/2011 10h35 - Atualizado em 04/03/2011 12h42


Praticar esportes na areia alivia o estresse e ameniza impacto do corpo

Preparador José Rubens D’Elia falou das vantagens desse tipo de exercício.

No verão, as pessoas têm mais vontade de cuidar da saúde e ficar em forma.

Do G1, em São Paulo

No verão e nos meses que o antecedem, as pessoas ficam com mais vontade de cuidar da saúde, se exercitar e entrar em forma. A atividade física alivia o estresse e não há lugar melhor que a areia, principalmente se for da praia, para praticá-la.

Por isso, o Bem Estar desta sexta-feira (4) contou com a presença do preparador físico e consultor José Rubens D’Elia para falar sobre os benefícios desse tipo de esporte e fazer algumas demonstrações em uma caixa montada no estúdio do programa. Ele também ensinou exercícios que podem ser feitos em casa, como estender a roupa no varal ou caminhar segurando sacolas de supermercado.

Ao lado de D'Elia, participou o professor de geriatria da Faculdade de Medicina da USP Wilson Jacob Filho, que fez indicações de atividades para idosos. Segundo o médico, respondendo a uma pergunta da internet, qualquer exercício físico é recomendado para uma senhora de 60 anos.

"O estímulo à vida ativa nas práticas cotidianas deveria ser universal. Todos nós deveríamos fazer isso em todas as idades", destacou Jacob Filho. Ele sugeriu trocar o elevador pela escada, o carro pela caminhada ou passear com o cachorro.

Na opinião da arquiteta Fernanda Meneghello, fazer exercícios na praia é perfeito, porque, além do mar, você vê outras pessoas e esquece dos problemas. Para quem gosta de caminhar na areia, o ideal é usar tênis, segundo o preparador Alessandro Santos. Mas, se for por lazer, não há problema em andar descalço.

Os que preferem correr devem, sim, optar pelo calçado, até para evitar pisar em algum objeto pelo caminho. A indicação vale tanto para a areia fofa como dura, e a recomendação é correr na mesma postura de um exercício na calçada: os braços devem estar na lateral do corpo e o tronco deve ficar reto, nem à frente nem atrás.

Para descansar de uma caminhada, é bom caminhar na água até a altura do joelho, apontou Santos. O recomendado são de 15 a 20 minutos. O frescobol é outro esporte indicado, que trabalha perna, coxa e abdômen. E há as inovações, como o beach tênis. “É um esporte mais tranquilo, a bolinha e a raquete são leves, é para todas as idades”, disse o aposentado Eugênio D’Ângelo.

Além dessas modalidades, destaca-se o já tradicional futevôlei. O único cuidado que Santos pede é em relação à hidratação e ao uso de protetor solar e óculos escuros, pois os participantes às vezes passam horas jogando sob o sol forte. Já a sobrecarga do joelho motivada pelos saltos no vôlei de quadra é amenizada pelo terreno instável da areia.
 LINK: http://glo.bo/gYfKnm

Geriatra e preparador fisico aborda sobre exercicios físicos

04/03/2011 13h27 - Atualizado em 04/03/2011 13h36


Geriatra e preparador físico tiram dúvidas da internet sobre exercícios

Geriatra Wilson Jacob Filho falou de benefícios da natação em qualquer idade.

Consultor José Rubens D’Elia respondeu a questões de atividades ao ar livre.

Do G1, em São Paulo
 O Bem Estar desta sexta-feira (4) recebeu centenas de perguntas pela internet sobre natação e esportes na areia. Para respondê-las, participaram o professor de geriatria da Faculdade de Medicina da USP Wilson Jacob Filho e o preparador físico José Rubens D’Elia, que também é consultor do programa.


O médico falou sobre quando uma pessoa deve começar a nadar, se a atividade realmente ajuda na fase de crescimento e a indicação para quem tem problemas respiratórios ou de coluna. Jacob Filho comentou, ainda, sobre o que fazer em caso de cãibra e quando um nadador deve se aposentar.

Na sequência, D’Elia e o preparador físico Marcio Torres tiraram dúvidas sobre atividades ao ar livre. Eles compararam os efeitos de exercícios em academias e na praia, o gasto calórico de andar na areia e se a corrida pode causar lesões aos joelhos.

Por fim, destacaram que pisar na areia beneficia a formação da curvatura dos pés e ensinaram a evitar micoses, bichos geográficos e outros problemas suscetíveis a quem anda descalço.

ficou curioso? Visite o site do programa  Bem Estar.

 Link :http://glo.bo/gogWXj

Otimismo, autoeficácia e autoestima são chave da longevidade, diz médico

07/03/2011 10h45 - Atualizado em 08/03/2011 08h02


Otimismo, autoeficácia e autoestima são chave da longevidade, diz médico

Especialista em envelhecimento Alexandre Kalache falou de viver com humor.

Consultor Caio Rosenthal também esteve no Bem Estar desta segunda (7).

Do G1, em São Paulo

Se você tem 30 anos, como quer chegar aos 60? E se já fez 60, como pensa em estar aos 90? Para esclarecer questões sobre vida saudável e envelhecimento, o Bem Estar desta segunda-feira (7) convidou o doutor em saúde pública e especialista em envelhecimento Alexandre Kalache e o clínico geral e infectologista Caio Rosenthal, que também é consultor do programa.

Kalache deu três dicas aos espectadores: ser otimista (tentar ver o copo sempre meio cheio), ter autoeficácia (não deixar os eventos acontecerem ao azar, mas programá-los) e autoestima (a importância de gostar de si mesmo apesar das perdas familiares, profissionais e financeiras). Segundo ele, cerca de 25% do envelhecimento humano é ditado por fatores genéticos e hereditários. Os outros 75%, que podem atingir 80%, dependem do estilo de vida e das escolhas de cada um.

Já Rosenthal falou da importância da alimentação, e Kalache disse que o tipo de calorias que ingerimos são mais importantes que a quantidade. Eles citaram alimentos como leite, chocolate, banana e castanhas do Pará e de caju como fontes que estimulam o bem-estar.

Os especialistas também ressaltaram a importância do bom humor. Uma risada espontânea, de acordo com eles, faz bem ao sistema nervoso, melhora a imunidade e reduz os hormônios relacionados ao estresse, cortisol e adrenalina.

Para a sanfoneira Orilza e o comerciante aposentado Oswaldo Barros, casados há 49 anos, o que faz a diferença é o bom humor. “Por isso que as pessoas gostam de mim”, afirmou ela. Por orientação médica, Orilza caminha uma hora por dia, de segunda a sexta. E baseia sua dieta em alimentos leves, principalmente no verão.

Oswaldo, de 77 anos, disse que um corpo parado começa a apresentar problemas, da mesma forma que um carro. O seu, de 38 anos, é o xodó da família. Por isso, ele costuma caminhar, correr e se hidratar - além de dar risadas e fazer piadas de vez em quando.

O Bem Estar mostrou, ainda, que é preciso ir ao médico com disciplina e periodicidade. Rosenthal destacou a importância do papanicolau e do exame de mama anuais para mulheres com vida sexual ativa.

Também citou que os homens acima de 40 anos devem fazer o exame de próstata regularmente. O check-up deve incluir, ainda, testes de colesterol, glicemia e HIV, que segundo o infectologista não atinge mais só os grupos de risco.

Kalache afirmou que hoje existem comportamentos e hábitos de risco, e não grupos. Além disso, de acordo com o médico, um homem não deve esperar até os 40 anos para cuidar da saúde.

Os convidados falaram sobre tempo de jejum para exames, o que evitar comer antes de tirar sangue e como o Sistema Único de Saúde (SUS) deve melhorar para incluir alguns exames de rotina que em outros países já são comuns, como a colonoscopia, que analisa cólon e reto.


 Link http://glo.bo/hW64iD

TELEFONES ÚTEIS

POLÍCIA MILITAR: 190
BOMBEIROS: 193
SAMU: 192
DEFENSORIA PÚBLICA: 129
DEFESA CIVIL: 199
SALVADOR ATENDE: 156
JUIZADO DE MENORES:08000713020
DISKE-FERRY: 3254-1020
AEROPORTO: 3204-1010
DISQUE TURISMO: 131
DELEGACIA DE PROTEÇÃO AO TURISTA: 3322-7155
Fonte: jornal Correiro da Bahia.3 de março de 2011, pagina 11.

MEDICAMENTOS GRATUITOS

REDES DE FARMÁCIAS DISTRIBUIDORAS



FARMACIA POPULAR DO BRASIL

SALVADOR

OBRAS SOCIAIS IRMÃ DULCE: Av. Luiz Tarquínio, S/Nº - Largo de Roma.

BROTAS: Ladeira dos Galés, Nº33 – Pitangueiras.

CANABRAVA: Rua: Periquitos, S/Nº.

CABULA: RUA: Silveira Martins, Nº 27, lojas 1,2 e 3.

NORDESTE DE AMARALINA: Rua Reinaldo de Matos, Nº 5 – Centro Comercial de Amaralina.

ALTO DE COUTOS: Rua da Imperatriz, nº 620.

BARROS REIS: Av. Barros reis, S/Nº- são Gonçalo do Ribeiro.

BOCA DO RIO: Rua: Professor Pinto de Aguiar , S/ Nº.

NARANDIBA: Avenida. Edgard Santos, S/Nº

CAIXA DÁGUA: Estrada da Mandichúria, S/Nº- Térreo.

CAJAZEIRAS: Rua da Paciência, Nº 4, Coletora 4, Setor B

COMÉRCIO: Rua: Miguel Calmon, Nº 40 Ed. Conde dos Arcos, 1º Pavimento

LIBERDADE: Rua: Lima e Silva, Nº 249

OGUNJÁ: Avenida Graça Lessa, Nº888 – Vale do Ogunjá.

RIBEIRA: Largo da Ribeira, S/Nº- Ceasa

RIO VERMELHO: Avenida Juracy Magalhães Junior, S/Nº

SÃO CAETANO: Rua São Caetano, Nº 335

 REDES CREDENCIADAS


FARMACIA ESTRELA GALDINO:

BARRA: Rua Marquês de caravelas

ITAIGARA : Rua Tenente Fernando


DROGARIA SÃO PAULO:

BROTAS: Dom João VI

PITUBA: Avenida Manoel Dias da silva

CENTRO: Avenida Sete de Setembro

FARMÁCIAS PAGUE MENOS

BAIRROS: ITINGA, LIBERDADE, MATATU, NAZARÉ, PAU MIÚDO, CANELA, BROTAS, CAMINHO DE AREIA, GRAÇA,COSTA AZUL,PERNAMBUÉS, PITUBA, RIO VERMELHO, SÃO PAULO, SÃO CRISTOVÃO.

CENTRO: Avenida sete de setembro.

COMÉRCIO: Avenida Estados Unidos.

BARRA: Corredor da Vitória.

FARMÁCIA GASTE MENOS

COSTA AZUL

PITUBA: Av. Manoel Dias da Silva.

ORLA : Otavio Mangabeira.

DROGARIA EXTRA

PARALELA:

VASCO DA GAMA: Avenida vasco da Gama.

FARMÁCIA MEDEIROS: CABULA VI.

FARMÁCIAS PATRICIA: SANTO ANTONIO

DROGARIA CASTRO: PAU DA LIMA

Fonte: Jornal Correio da Bahia, 14/02/2011. Folha Mais página 13.

















REDES DE FARMÁCIAS DISTRIBUIDORAS


FARMACIA POPULAR DO BRASIL

SALVADOR

OBRAS SOCIAIS IRMÃ DULCE: Av. Luiz Tarquínio, S/Nº - Largo de Roma.

BROTAS: Ladeira dos Galés, Nº33 – Pitangueiras.

CANABRAVA: Rua: Periquitos, S/Nº.

CABULA: RUA: Silveira Martins, Nº 27, lojas 1,2 e 3.

NORDESTE DE AMARALINA: Rua Reinaldo de Matos, Nº 5 – Centro Comercial de Amaralina.

ALTO DE COUTOS: RUA DA IMPERATRIZ, nº 620.

BARROS REIS: Av. Barros reis, S/Nº- são Gonçalo do Ribeiro.

BOCA DO RIO: Rua: Professor Pinto de Aguiar , S/ Nº.

NARANDIBA: Avenida. Edgard Santos, S/Nº

CAIXA DÁGUA: Estrada da Mandichúria, S/Nº- Térreo.

CAJAZEIRAS: Rua da Paciência, Nº 4, Coletora 4, Setor B

COMÉRCIO: Rua: Miguel Calmon, Nº 40 Ed. Conde dos Arcos, 1º Pavimento

LIBERDADE: Rua: Lima e Silva, Nº 249

OGUNJÁ: Avenida Graça Lessa, Nº888 – Vale do Ogunjá.

RIBEIRA: Largo da Ribeira, S/Nº- Ceasa

RIO VERMELHO: Avenida Juracy Magalhães Junior, S/Nº

SÃO CAETANO: Rua São Caetano, Nº 335

ALGUMAS REDES CREDENCIADAS

FARMACIA ESTRELA GALDINO:

BARRA: Rua Marquês de caravelas

ITAIGARA : Rua Tenente Fernando



DROGARIA SÃO PAULO:

BROTAS: Dom João VI

PITUBA: Avenida Manoel Dias da silva

CENTRO: Avenida Sete de Setembro

FARMÁCIAS PAGUE MENOS

BAIRROS: ITINGA, LIBERDADE, MATATU, NAZARÉ, PAU MIÚDO, CANELA, BROTAS, CAMINHO DE AREIA, GRAÇA,COSTA AZUL,PERNAMBUÉS, PITUBA, RIO VERMELHO, SÃO PAULO, SÃO CRISTOVÃO.

CENTRO: Avenida sete de setembro.

COMÉRCIO: Avenida Estados Unidos.

BARRA: Corredor da Vitória.

FARMÁCIA GASTE MENOS

COSTA AZUL

PITUBA; Av. Manoel Dias da Silva.

ORLA : Otavio Mangabeira.

DROGARIA EXTRA

PARALELA:

VASCO DA GAMA: Avenida vasco da Gama.

FARMÁCIA MEDEIROS: CABULA VI.

FARMÁCIAS PATRICIA: SANTO ANTONIO

DROGARIA CASTRO: PAU DA LIMA

Fonte: Jornal Correio da Bahia, 14/02/2011. Folha Mais página 13.
























REDES DE FARMÁCIAS DISTRIBUIDORAS


FARMACIA POPULAR DO BRASIL

SALVADOR

OBRAS SOCIAIS IRMÃ DULCE: Av. Luiz Tarquínio, S/Nº - Largo de Roma.

BROTAS: Ladeira dos Galés, Nº33 – Pitangueiras.

CANABRAVA: Rua: Periquitos, S/Nº.

CABULA: RUA: Silveira Martins, Nº 27, lojas 1,2 e 3.

NORDESTE DE AMARALINA: Rua Reinaldo de Matos, Nº 5 – Centro Comercial de Amaralina.

ALTO DE COUTOS: RUA DA IMPERATRIZ, nº 620.

BARROS REIS: Av. Barros reis, S/Nº- são Gonçalo do Ribeiro.

BOCA DO RIO: Rua: Professor Pinto de Aguiar , S/ Nº.

NARANDIBA: Avenida. Edgard Santos, S/Nº

CAIXA DÁGUA: Estrada da Mandichúria, S/Nº- Térreo.

CAJAZEIRAS: Rua da Paciência, Nº 4, Coletora 4, Setor B

COMÉRCIO: Rua: Miguel Calmon, Nº 40 Ed. Conde dos Arcos, 1º Pavimento

LIBERDADE: Rua: Lima e Silva, Nº 249

OGUNJÁ: Avenida Graça Lessa, Nº888 – Vale do Ogunjá.

RIBEIRA: Largo da Ribeira, S/Nº- Ceasa

RIO VERMELHO: Avenida Juracy Magalhães Junior, S/Nº

SÃO CAETANO: Rua São Caetano, Nº 335

ALGUMAS REDES CREDENCIADAS

FARMACIA ESTRELA GALDINO:

BARRA: Rua Marquês de caravelas

ITAIGARA : Rua Tenente Fernando



DROGARIA SÃO PAULO:

BROTAS: Dom João VI

PITUBA: Avenida Manoel Dias da silva

CENTRO: Avenida Sete de Setembro

FARMÁCIAS PAGUE MENOS

BAIRROS: ITINGA, LIBERDADE, MATATU, NAZARÉ, PAU MIÚDO, CANELA, BROTAS, CAMINHO DE AREIA, GRAÇA,COSTA AZUL,PERNAMBUÉS, PITUBA, RIO VERMELHO, SÃO PAULO, SÃO CRISTOVÃO.

CENTRO: Avenida sete de setembro.

COMÉRCIO: Avenida Estados Unidos.

BARRA: Corredor da Vitória.

FARMÁCIA GASTE MENOS

COSTA AZUL

PITUBA; Av. Manoel Dias da Silva.

ORLA : Otavio Mangabeira.

DROGARIA EXTRA

PARALELA:

VASCO DA GAMA: Avenida vasco da Gama.

FARMÁCIA MEDEIROS: CABULA VI.

FARMÁCIAS PATRICIA: SANTO ANTONIO

DROGARIA CASTRO: PAU DA LIMA

Fonte: Jornal Correio da Bahia, 14/02/2011. Folha Mais página 13.